terça-feira , 18 dezembro 2018
Início / Dicas / 5 Dicas para deixar o seu MAC mais rápido

5 Dicas para deixar o seu MAC mais rápido

Todos os computadores com o passar do tempo, ficam entupidos de arquivos e aplicativos que não usamos mais. E existem inúmeras outras coisas que podem deixar o seu MAC lento na hora de gravar ou mixar.

yosemite

 

Lembre-se! Toda vez que a manutenção do sistema está sendo feita, existe a chance mínima de algo dar errado. Estou compartilhando informações que dão certo pra mim. Proceda com cuidado e sempre mantenha os backups em dia!

 

 

1 – Manutenção do sistema de arquivos do OSX

O utilitário de disco é uma ferramenta com muitas funções e é nativa do OSX. Você vai achar em: APLICATIVOS/UUTILITÁRIOS

uTILITÁRIO DE DISCO

Essas são as funções que eu sempre uso:

  1. Reparar Disco
  2. Reparar Permissões do Disco
  3. Apagar Espaço Livre
REPARAR DISCO

Esta função é útil para resolver problemas corriqueiros nos sistemas de arquivos. Inclui ações como, corrigir estrutura de diretórios corrompidas  e arquivos deixados em estado desconhecido por causa de travamentos, reboot forçado ou sair de programas de modo forçado (cmd + opt+ esc).  Para apenas verificar estes problemas sem corrigi-los,  clique em “verificar  disco”.

REPARAR PERMISSÕES DE DISCO

Eu faço isso geralmente a cada dois meses. Não é o fim de todos os problemas como alguns parecem pensar, mas ainda compensa  manter suas permissões de arquivo em dias. Para identificar apenas as questões sem fazer quaisquer reparos, execute “Verificar permissões de disco”.

APAGAR ESPAÇO LIVRE

Este é um pequeno recurso no utilitário de disco do OS X que muitas pessoas não conhecem. Ele reescreve o espaço livre no disco rígido, a fim de melhorar a segurança. Isso ocorre porque os arquivos excluídos não foram realmente excluídos,  até que a parte física do disco onde eles estão localizados é reescrita.

Mas eu uso por razões diferentes.

O que a maioria das pessoas não sabe é que este processo de reescrita de espaço livre pode realmente aumentar o espaço em disco disponível na unidade. Eu ainda não consegui encontrar uma explicação exata para o porquê disso. Eu não sou um especialista, mas eu estou supondo que ao longo do tempo o seu disco rígido torna-se fragmentado e  ineficiente, e apagar o espaço livre corrige esse problema (pelo menos parcialmente).

Em qualquer caso, a primeira vez que eu apaguei espaço livre … 11 GB de espaço livre a mais apareceram no meu HD de 750 GB! Não é ruim hein? Desde então, tenho apagado o espaço livre a cada 2 meses mais ou menos  e ele sempre me dá alguns GB extra de espaço livre.

 

2 – A REGRA DOS 15%

Para o bom desempenho, recomenda-se manter pelo menos 15% de espaço livre no disco rígido do sistema em todos os momentos. (Se você olhar atentamente para a foto no capítulo anterior deste post, você pode ver que eu não).

De acordo com este teste feitos pela Macworld, quanto mais espaço livre em seu HD, mais rápido ele executa. Com um disco rígido de 7200 RPM de 1 TB que eles testaram, a diferença de velocidade foi de até 35% (dependendo da tarefa) quando comparados uma unidade com HD apenas 5% cheio e um 97% cheio.

Lição: Não deixe arquivos inúteis no seu disco de trabalho ou de sistema.

De onde vem o número 15%? É  o requisito mínimo para seus processos de sistema executarem corretamente. O OS X precisa de espaço livre no disco rígido para executar o processo de  desfragmentação automática e um espaço de troca para gerenciar o uso de memória, entre outras coisas.

Aplicações individuais também usam o espaço livre no disco temporariamente. Áudio, gráficos e aplicações de vídeo podem ser  exigentes a este respeito com tamanhos de arquivo temporário que atingem vários gigabytes. Usar o disco em capacidade máxima o tempo todo, faz com que o computador fique lento ou até trave. O OS X torna-se incapaz de executar seus processos automáticos de manutenção do sistema corretamente.

Sempre ter uma boa quantidade de espaço livre em sua unidade também oferece um bom espaço de buffer para quando você tem que baixar ou lidar com arquivos muito grandes temporariamente.

Se você é como eu, e acha difícil  manter 15% livre? Você deveprovavelmente pensar sobre arquivamento de alguns dos seus dados. Se ele não está sendo usado, ele não pertence a seu HD principal.

 

3 – LIMPANDO ITENS DE INICIALIZAÇÃO

Itens de inicialização são aplicativos que iniciam automaticamente quando seu MAC inicia. Um monte de software que você instala, faz com que o seu MAC inicie os seus próprios processos em seus itens de inicialização. Muitas vezes esses processos podem ser absolutamente desnecessários.

Esses itens de inicialização desnecessários estão comendo recursos do computador. Você deve verificar periodicamente e limpar sua lista de itens de inicialização.

Você vai achar isso em: PREFERÊNCIAS DE SISTEMA/USUÁRIOS E GRUPOS/ITENS DE INÍCIO

OSX2

Note-se que, a fim de remover os itens de inicialização, você precisa clicar no botão “menos” abaixo da lista. Clique nas caixas de seleção para  ocultar itens de inicialização (que ainda serão executados). Tenha cuidado para não remover o material que você pode realmente precisa. Se você não tiver certeza do que alguma coisa é, eu aconselho a fazer alguma pesquisa antes. (O Google é seu amigo).

Participe da nossa lista de e-mail

4 – LIMPANDO O DESKTOP

É muito estúpido, mas ter sua área de trabalho cheia de arquivos realmente retarda o seu Mac. Isso ocorre porque cada ícone ocupa alguma RAM.

A solução é fácil: Limpe-o e não use a área de trabalho para armazenar arquivos. Use uma pasta diferente. Eu criei uma pasta chamada “Caixa de entrada”, onde a maioria do tráfego de arquivos temporários ocorre.

 

5 – SOFTWARES ATUALIZADOS

É  sempre bom manter seu software atualizado. No entanto, eu sou mais cauteloso quando se trata de atualizar o sistema operacional. É sempre um risco se você está confiando em seu computador para começar um trabalho importante. Quando novos sistemas operacionais são liberadas, é bastante normal ter todos os tipos de problemas de compatibilidade com software de outros fabricantes e/ou hardwares.

Geralmente isso acontece depois de uma grande atualização do sistema, como mudar para o Yosemite por exemplo. Além disso, se você estiver usando qualquer hardware / software mais antigo que não está sendo mais suportado pelos desenvolvedores, você pode se dar mal. Eu tive bastante experiência com estes  problemas no passado e prefiro não arriscar mais.

Então, quando eu tenho uma configuração que funciona bem, vou tentar mante-la tanto tempo quanto puder. No momento em que escrevo este post (final de 2014)  o Mac OS X Yosemite está saindo, mas eu ainda estou rodando o  Mountain Lion (eu decidi pular OS X Mavericks completamente). E uma hora ou outra, sei que serei forçado  a atualizar por uma razão ou outra. Contudo, é importante ter certeza de que qualquer que seja o seu sistema operacional, é sempre bom estar atualizado quando se trata de atualizações de segurança e desempenho. O mesmo, obviamente, vai para o outro software no seu computador.

 

Recomendações finais

  • Reinicie regularmente
  • Saia completamente das aplicações que não estiver usando (não apenas feche a janela).
  • Feche abas desnecessárias do navegador (elas também consomem ram).
  • Desligue o bluetooth se não estiver usando.
  • Desinstale aplicativos que você não usa mais.
  • Tenha certeza do bom funcionamento dos coolers e garanta sempre uma boa ventilação.

Há outra coisa que você está fazendo que ajuda a manter seu Mac funcionando bem? Compartilhe  suas dicas nos comentários.

Este artigo foi traduzido e modificado de um artigo do site: http://www.resoundsound.com/

 

Sobre Diego Moreno

Fundador do site, Engenheiro de áudio, apaixonado por música, divide o tempo entre a estrada o estúdio e a constante atualização do site.

Confira também

Masterização – O que há de errado com minha música?

masterização pode ser a salvadora da pátria. Se você já se indagou de alguma das maneiras abaixo, vai entender o que eu estou falando.

%d blogueiros gostam disto: