terça-feira , 18 dezembro 2018
Início / Dicas / Tudo sobre equalização #1 – Tipos e Filtros

Tudo sobre equalização #1 – Tipos e Filtros

Iniciando uma série de posts no AudioReporter, falaremos tudo sobre equalização divididos em partes. Confira agora nossa primeira parte: introdução – tipos de equalizadores e filtros

Cada instrumento musical possui uma serie de freqüências de acordo com sua característica de timbre e tonal. O termo equalizacao diz respeito a manipulação destas freqüências (graves/médios/agudos), resumindo, no mundo do áudio utilizamos o equalizador para aumentar (reforço) e baixar (atenuar) o volume de freqüências.

Historicamente o equalizador surgiu através da industria da comunicação, mais precisamente por causa do telefone. A idéia era compensar uma deficiência do áudio, reforçando algumas freqüências que se atenuavam ao longo do trajeto ,por conta da distancia. Com isso conseguia-se que o sinal sonoro fosse mais inteligível e plano a quem o escutasse. Com o tempo os engenheiros foram descobrindo que poderiam extrair mais do equalizador e o transformaram numa ferramenta indispensável.

 

Tipos de equalizadores:

Paramétrico

paramétrico

Neste equalizador pode-se escolher a freqüência central a ser manipulada, a largura de banda (Q-bandwidth = quantidade de freqüências que se altera junto com a freqüência central) que pode ser constante ou não – e a amplitude desta banda (ganho/atenuação).

 

Paragráfico

Popular EQ paragráfico

Mesmos controles do paramétrico a única diferença é que mostram graficamente o resultado das modificações.Não foram feitos muitos modelos desse tipo de  equalizador em hardware, porque exigia uma grande quantidade de componentes,  e espaço para colocá-los em uma forma utilizável, porém sua forma em software é bastante popular.

 

Semi-Paramétrico

Semi paramétrico

Todos os mesmos parâmetros menos o Q (largura de banda) que neste caso eh fixa. O termo também é usado para descrever seções de equalização, que podem conter várias bandas de EQ. Nesses casos, geralmente, uma ou mais das bandas em questão não é um paramétrico cheio de recursos, pala ausência do Q . Por exemplo, uma mesa de mixagem com um EQ semi-paramétrico pode ter quatro bandas de equalização, mas apenas dois dos quatro podem ser totalmente paramétricos (o que implica que os outros dois não têm o controle de Q).

 

Gráfico

Todos os mesmos parâmetros, a mudança é que as freqüências já são estabelecidas (fixas) assim como a  largura de banda  (normalmete 1/3 de oitava).  A única coisa que faz um EQ “gráfico” é esta configuração que te permite   ver a curva de euqalização em um relance. Os equalizadores gráficos mais encontrados são de 31 e 15 bandas

 

Tipos de Filtros

Para alterar frequências, usamos os seguintes filtros:

BandPass

Ou passa banda como é conhecido, ajusta uma banda de freqüências.

 

Low Shelving


Leva junto todas as freqüências abaixo da escolhida.

 

Hi Shelving

Leva junto todas as freqüências acima da escolhida.

 

Low Pass Filter (LPF)

Elimina todas as freqüências acima da escolhida.

 

Hi Pass Filter ou (HPF)

Elimina todas as freqüências abaixo  da escolhida.

 

 

Clique AQUI  e leia a parte 2 desse artigo!

 

Sobre Tito Menezes

É colaborador do Áudio Repórter, Engenheiro de som e produtor técnico. Atualmente comanda o seu próprio estúdio móvel.

Confira também

Passagem de Som em Trio Elétrico – Carnaval Salvador 2017 | Tito Na Estrada #27

Segunda parte de uma serie de videos sobre os bastidores do carnaval de salvador 2017. Passagem de som no carnaval de Salvador!

%d blogueiros gostam disto: