sábado , 29 abril 2017
Início / Dicas / 45 dicas de mixagem do Steven Slate!

45 dicas de mixagem do Steven Slate!

Steven Slate é um engenheiro de áudio americano que está entre os tops na indústra de gravação. Já trabalhou com as banda Train, Black Eyed Peas, Taylor Swift, Nickelback e muitos outros. Ele também é slate stevenconhecido pelos seus plugins Slate fantásticos
Steven vem publicando em seu Twitter  várias dicas maravilhosas de mixagem que o site The Pro Audio Files reuniu e eu traduzo para vocês a seguir. Vale muito a pena a leitura!

 

1. Separe a voz principal em 3 cópias: uma natural, uma brilhante e comprimida, e outra “crocante”. Faça automação das 3 ao longo da mix para que a voz se sobressaia.

2. Chris Lord Alge: Eu sempre faço uma automação passar pelos meus faders da bateria para mantê-la dinâmica na mix.

3. Os melhores engenheiros de masterização sabem quando mexer a mix e quando devem deixá-la como está. Ouça antes de mergulhar nos EQs e compressores!

4. Comprimir um pouco o reverb pode deixá-lo achatado de um jeito da hora. Tente!

5. Acompanhar o seu delay com um pequeno reverb e “molhá-lo” em 40%, pode suavizá-lo e criar ainda mais profundidade.

6. Limiters digitais são eficazes para domar violões excessivamente dinâmicos de uma maneira transparente. Tente isso!

7. Quer uma caixa brilhante? Equalize os agudos dos overheads! Você vai chegar lá mais rápido do que equalizando o close mic sozinho.

8. Gravação ruim de voz? Suavemente retire as frequências que atrapalham, comprima bastante, depois adicione médio-agudo para dar clareza e “ar”, e então coloque um de-esser.

9. Não tenha medo de extender a banda do EQ até a sua largura máxima. Boosts pequenos e largos tendem a soar mais musicais.

10. Tirar graves e agudos do backing vocal ajuda a misturá-lo com a voz principal sem soar muito definido. Teste!

11. Um baixo presente? Copie o baixo para um track stereo, coloque um hi-pass até 300Hz, distorça um pouco, mande para um chorus e mixe sutilmente com o baixo seco.

12. Vou dizer de novo: não equalize os closes mics da bateria até você checar se a fase está coerente com os overheads.

13. Antes de tocar o botão do equalizador ou compressor, tenha certeza que seu cérebro saber o que você está intencionado a fazer e como isso pode realçar a mix.

14. Aveludando os delays da voz: atenue 3dB usando hi-shelf em 8kHz, depois mande-o para um reverb de sala média em 20% “molhado”.

15. Eu sempre recomendo equalizar os overheads da bateria e sala SEM solá-los já que eles realmente impactam no som da bateria como um todo.

16. Voz destacada e com ar: Hi-pass até 100Hz, ganho de 5dB em 12kHz, depois comprima muito – cerca de 12dB, e então tire a sibilância com um forte de-esser.

17. Pessoas gostam de música dinâmica. Automatize o master fader em 1dB mais ou menos para ressaltar as seções, especialmente nos momentos mais importantes da canção.

18. Vocais com sibilância em excesso tornam a música muito desagradável de se ouvir quando tocada alta. Colocar o de-esser apropriadamente garante clareza sem perfurar os ouvidos!

slate19. Simples ato para equilibrar o bumbo e o baixo: faça um pequeno corte com um filtro do tipo notch nos 80Hz do baixo e dê um pequeno ganho de 80Hz no bumbo. Funciona!

20. Eu quase sempre faço automação no meu master fazer subindo 1,5dB no chorus da música para ajudar a destacar de verdade!

21. Dica para bumbo de rock: copie o bumbo, filtre os graves e os agudos profundos, dê um belo ganho em 2kHz com o Q largo, comprima 10dB e mixe sutilmente.

22. Caixa de rock de atitude: carregue um sample de caixa com ressonância, comprima e distorça levemente, mande para um reverb stereo, adicione graves e mixe sutilmente ao kit.

23. Voz vintage: atenue os agudos com um shelf em 12kHz, dê um ganho em 3.5kHz e mixe sutilmente a voz distorcida em paralelo. Use reverb comprimido e com um pre-delay longo.

24. Voz com ar mas sem ser áspera em definitivo: copie a voz, faça um belo shelf em 10kHz, depois coloque um forte de-esser e comprima bastante. Mixe para ter ar!

25. Delay de voz: Se você tirar o delay do tempo certo da música, poderá adicionar profundidade sem ser audível. Comece um uma semínima. (1/4)

26. Voz seca e com “vida”: Use um pitch shifter stereo. No lado esquerdo coloque -9 cents e 20ms; no lado direito +9 cents e 40ms. Mixe com MUITA sutileza!

27. Não importa quantos equalizadores e compressores você colocar na caixa. Se ela não estiver em fase com os overheads, ela nnao terá punch!

28. A voz não está ressaltada na mix? Copiea ela, comprima muito, adicione distoção e médio-agudos e mixe sutilmente com a voz original.

29. Guitarra gorda no refrão: envie as guitarras para um bus e coloque um compressor nele. Durante o refrão, faça automação para +2dB e então compressor irá atuar e engordá-las!

30. Caixa explosiva: copie a caixa, comprima bastante com ataque e release rápidos para levantar o sustain; ponha um gate para cortar a cauda. Mixe sutilmente.

31. Voz grave: use um pitch shifter stereo com 10ms de delay e -10cents de um lado e + 10 cents de outro. Filtre os extremo agudos. Mixe sutilmente.

32. Grande voz do refrão: copie a voz, comprima e distorça… mixe SUTILMENTE quando a parte principal da música chegar!

33. Compressão paralela de voz: Copie a voz, comprima pesado e durante a mix, faça automação nos faders dos canais seco e comprimido para que a voz respire!

34. Pancada de caixa: caixa com afinação média e uma baqueta pesada (big hitter!?). Durante a mix, copie ela e corte 10dB em 100Hz sem dó. Agora comprima 5dB e mixe!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

35. Fazendo a voz sobressair na mix: copie o canal, dê um bom ganho em 4kHz com o Q largo, comprima extremamente pesado com release rápido. Mixe sutilmente para ter um realce extra!

Dragon: compressor da marca Slate Pro Audio

 

36. Bateria precisa de punch e sustain para ser GRANDE na mix. Para o punch, um pouco de ataque lento e relase médio na compressão e médio-agudos no EQ.

37. Use o compressor com seus ouvidos e não com seus olhos. Eu vou socar ao máximo as agulhas do meter do meu DRAGON na voz para fazê-la saltar de verdade na mix!

38. Voz Pop brilhante e sem ser áspera? Faça um hi-shelf em 10khz sem medo seguido de um compressor com redução de ganho pesada e depois um de-esser forte!

39. Voz dinâmica e profunda: tente um delay em semínima (1/4) bem sutil e nas partes principais use mínima com feedback. Suavize o delay com equalização.

40. Quanto mais rápida a música, menos sub-graves você vai querer no bumbo.Speed metal? Eu cortaria até 80Hz se necessário!

41. Reverb de caixa ruidoso: copie o canal de esteira, filtre os graves até uns 600Hz, ponha um hi-shelf em 10kHz e mande para um bom reverb. Ótimo em baladas!

42. Colocar uma fita adesiva bem na borda da caixa pode diminuir o ring sutilmente, sem ter que mexer demais.

43. Se você fechar os olhos e ouvir a mix você forçará seu cérebro a fortalecer o sentido da audição. Experimente isso de vez em quando.

44. Às vezes não se trata de adicionar mais equalizador, compressor ou algum truque. Se trata apenas de conseguir o equilíbrio certo dos instrumentos #simples&eficaz

45. Não tem nada melhor para trazer o bumbo para frente do que conferir se ele está em fase com os overheads!

 

Depois de testar essas dicas, conte-nos quais você gostou mais!
Abraços e até a próxima!

Karen

Agradecimentos ao Alexandre de Faria

Sobre Karen Ávila

é colaboradora do Áudio Reporter, formada em Produção Musical pela Anhembi Morumbi e assistente do produtor musical Eduardo Pepato.

Confira também

Gravação do DVD da dupla Maiara & Maraisa

Eu e o meu amigo Renato Riva estávamos lá e vamos contar pra vocês um pouquinho de como foi o evento ;)

  • Douglas Martins

    Muito boa as dicas, vc pode dizer como faço para conferir as fazes, por exemplo como ele disse entre o Bumbo e os Overheads, ou entre a Caixa e os Overs? Muito legal mesmo!

  • Thiago

    Quando diz pra distorcer algo, é usar literalmente uma distorção?tipo, no exemplo da voz grande no refrão?

    • Tem um plugin do Pro Tools chamado Lo-fi que faz isso. o efeito é muito bom!

  • ezequiel sotero

    legal Karen Ávila, os iniciantes ficam maravilhados com pessoas como você, que colococa preciosas dicas parabens!!

  • PeX

    “Quanto mais rápida a música, menos sub-graves você vai querer no bumbo.Speed metal? Eu cortaria até 80Hz se necessário!”

    Pra ficar estilo Ageless Venomous do Krisiun? No, thanks.

  • foaguitar

    eu gostaria muito que fosse encaminhado ao meu e-mail a tradução/explicação dos termos tecnicos utilizados acima pois a maioria desconheço porque ainda sou leigo no assunto.
    foaguitar@hotmail.com

  • Pingback: Retrospectiva ÁudioRepórter: os 10 melhores posts de 2013 | Áudio Repórter()

  • Rafael Faraon

    Muito boa essa compilação de tuites!

  • Bruno Parrot Exr

    muito boas as dicas, você teria mais explicação sobre a conferência de fases e o conceito de fases… tenho bastante duvidas a respeito.
    obrigado

  • Raul Adrift

    Muito bom!!!

  • Dicas matadoras! obrigado por compartilhar!

  • Rafani

    legal mas nao sei se ajudou,eu nao sei oq é faders,oq é overheads,hi shelf etc…

  • Richie Tim

    mta coisa rola nessas dicas. mas tem coisa q n é necessario.

  • Carlos Perren

    ótimo!!