sábado , 29 abril 2017
Início / Dicas / 5 Tipos de compressão

5 Tipos de compressão

Não é nenhum segredo que a compressão de gama dinâmica é uma das ferramentas mais importantes e versáteis para um engenheiro de áudio. Aqui está alguns tipos e algumas das maneiras que você pode usar os muitos tipos diferentes de compressão para melhorar suas produções.

1. COMPRESSÃO MULTIBANDA / LIMITER

Compressão multibanda permite afetar a gama dinâmica de frequências múltiplas com intervalos de forma independente uma da outra. Quer domar o kick de bumbo sem alterar as outras frequências? Sem problemas. Basta escolher uma faixa de frequência e definir os ajustes ataque e release, como você faria em um compressor normal.

Aplicações práticas: Domar as áreas problemáticas como no acúmulo de baixa-média, ou nos vocais de domar a dureza na faixa 5-10khz.

Plugins recomendados: FabFilter Pro-MB, iZotope Ozone 6, Waves L3-LL Multimaximizer

 

2. COMPRESSÃO LOOKAHEAD

Compressão Lookahead essencialmente analisa um sinal de entrada e aplica a compressão antes do sinal ser audível. Esse tipo de compressão pode ser conseguido com um compressor padrão duplicando o sinal para uma outra faixa em sua DAW , colocando um compressor no sinal original e usando o áudio duplicado com sidechain.

Aplicações práticas: Qualquer coisa com transientes rápidos, mas especialmente eficazes em vocais.

Plugins recomendados: Softube compressor FET, C1 Compressor com Sidechain

 

3. LIMITER  BRICKWALL

Limitadores do tipo Brickwall são uma parte essencial da cadeia de masterização. Eles acrescentam um nível final de controle, assegurando que não existem clips ou recorte no áudio. Estes processadores poderosos são frequentemente usados em abuso ou simplesmente usado incorretamente, e os resultados são muitas vezes efeitos indesejáveis, tais como a distorção, recorte e saturação incontrolável. Para evitar todos esses problemas, basta usar quantidades apreciáveis ​​de redução de ganho .

Aplicações práticas: Pré-masterização, se usado corretamente e masterização. Use em faixas sub-auxiliar a atingir valores mais elevados de RMS antes mesmo de ir para o Master. Pode ser usado em faixas individuais para domar transientes ou moldar timbre apenas como um compressor tradicional.

Plugins recomendadas: FabFilter Pro-L, Waves L2, PSP Xenon

 

4. COMPRESSÃO SIDECHAIN / DUCKING

Essencialmente, envolve a utilização de um sinal a aplicar compressão em cima de um outro. Há uma abundância de tutoriais on-line para este processo , mas as aplicações abaixo podem ser aquelas que você está menos familiarizado.

Aplicações práticas: Use o sinal de voz para o comprimir a batera  ou guitarras para permitir que o vocal acomode-se de forma mais proeminente na mix, ou o sidechain como  um replace para substituir ou aumentar pratos originalmente gravados.

Plugins recomendados: Softube CL1B ouValley People Dyna-mite, Waves H-Comp ou API 2500

 

5. COMPRESSÃO PARALELA

Compressão paralela (por vezes referido como New York compression) é incrível para manter o som original, e ainda desfrutar dos benefícios de um sinal comprimido. Simplesmente faça o roteamento do seu sinal a uma pista auxiliar, aplique a compressão e misture com o sinal sem compressão a seu gosto. Esteja ciente das configurações de compensação de atraso em sua DAW para evitar indesejáveis ​​problemas de fase .

Temos um post inteiro dedicado a isso: COMPRESSÃO PARALELA

Aplicações Práticas: Muito popular na bateria ou sinais com transientes rápidos. Também incrível no master bus para alcançar um aumento de RMS.

Plugins recomendados: Alguns plugins como de Cytomic A ou Pro-L do FabFilter permite uma mistura dry/wet que pode conseguir resultados semelhantes em paralelo, mas qualquer um dos seus favoritos compressores pode alcançar grandes resultados se usado corretamente.

Plugins recomendados: Softube CL1B , Waves H-Comp ou API 2500

Traduzido do site: theproaudiofiles.com

Temos vários outros posts sobre compressão, clique no link abaixo para ver todos os posts sobre compressão!

LINK PARA TODOS OS POSTS SOBRE COMPRESSÃO

Participe da nossa lista de e-mails

 

Sobre Douglas Barba

Iniciou sua carreira profissional em 2006 , formado pelo IAV e SENAC trabalha atualmente como técnico de monitor da dupla sertaneja Maick & Lyan tendo trabalhado em outras bandas e trabalhos como: Ao Cubo ,Funk Como Le Gusta , Léo & Júnior , Tuta Guedes , Rapadura , Rodriguinho, Musical O Corcunda de Notre Dame , Musical O Peixonauta , Band , ESPN Brasil , Rit TV.

Confira também

Introdução a filtros digitais – Parte 2 – Linkwitz-Riley

Hoje vamos falar sobreo filtro Linkwitz-Riley.