terça-feira , 16 outubro 2018
Início / Resenha / Você usa todos esses plugins?

Você usa todos esses plugins?

Deixe-me lhe perguntar uma coisa: quantos plugins você tem instalado no seu computador?
Estou falando de EQs, compressores, reverbs etc. Quantos?

Se você é como eu, provavelmente começou com uma tonelada de plugins na sua DAW.

Eu acho que a versão atual do Prot Tools vem com mais de 70 plugins de fábrica. Adicione a isso um punhado de plugins de terceiros que eu coletei ao longo dos anos e nós vemos aí mais de 100 plugins à minha disposição.

 

Quantos você realmente usa?

Então, a melhor pergunta é: quantos desses plugins você realmente usa nas suas sessões?

Eu posso te dizer que eu uso um channel strip, mais uns dois compressores, um reverb, um delay e uns três plugins de simulação analógica. É isso aí!
Ok, se colocarmos um plugin afinador e um efeito excêntrico usado ocasionalmente, nós temos 10 plugins.

Então no meu caso, estou usando menos que 10% dos meus plugins instalados, fácil.
Mas ainda o menu de plugins da minha DAW está cheio dessas coisas que provavelmente nunca vou usar. Mantenho-os lá só para garantir.

 

Imagine se os seus plugins fossem equipamentos externos

Imagine só por um momento que o computadores não existiam e todos os seus plugins não fossem efeitos de software, mas sim hardware reais.

Nós estamos falando de racks e mais racks de equipamentos amontoados no seu estúdio. Claro que pode parecer impressionante (e há coisas a serem faladas sobre o efeito psicológico da sensação de estar num estúdio bacana, mas não vem ao caso aqui), mas quando chega a hora de mixar, eles não te atrasariam apenas?

Quero dizer, se você tiver que olhar por todos os seus racks e fazer patches num EQ ou compressor diferente toda vez, você nunca vai terminar um trabalho.
Na verdade, isso é o que acontece toda vez que abrimos nossa lista de plugins para procurar o efeito que precisamos. Nossos olhos tem que passar por cima de uma lista incrivelmente grande para em seguida, decidirmos qual(is) plugin(s) usar.

E se ao invés disso, nós fizéssemos essas decisões antecipadamente?

 

Encurta a lista, acelere a mix

Você sabe que usa praticamente o mesmo EQ e compressor em 99% dos dos projetos. Basta ser honesto. E isso é tudo o que você precisa, de qualquer forma.

Então por que não dar o próximo passo e esconda todos esses plugins que você não usa? No Pro Tools isso é bem simples, é só mover os plugins para a pasta “Unused”. Eles vão desaparecer instantaneamente da sua DAW mas continuarão no seu computador no caso de você precisar deles.

A única consequência de encurtar sua lista de plugins é… mixar mais rápido.

Simples e fácil, se tiver poucas opções na mix você tomará decisões mais répido (algumas delas já feitas antes, é claro) e ironicamente, você vai se sentir mais confiante sobre essas decisões. O oposto também é verdadeiro, quanto mais opções mais confuso fica. Esse é o paradoxo das escolhas.


(Leitura recomendada: O Paradoxo da Escolha – Por que mais é menos de Barry
Schwartz)
Confira também: 5 dicas para mixar mais rápido

Traduzido do site therecordingrevolution.com

Sobre Karen Ávila

é colaboradora do Áudio Reporter, formada em Produção Musical pela Anhembi Morumbi e assistente do produtor musical Eduardo Pepato.

Confira também

Gravação do DVD da dupla Maiara & Maraisa

Eu e o meu amigo Renato Riva estávamos lá e vamos contar pra vocês um pouquinho de como foi o evento ;)

%d blogueiros gostam disto: