fbpx
quarta-feira , 21 outubro 2020

SINTETIZADOR ACÚSTICO PROMETE REVOLUCIONAR MERCADO DE VIOLÕES

Uma discussão sempre muito polêmica no mundo do áudio é a diferença entre os domínios digital e analógico.

Há pessoas que acreditam que o áudio digital é a sétima maravilha, pois no domínio digital podemos manipular os sinais como bem entendemos. Podemos transformar o som de qualquer guitarra numa SG ou numa Stratocaster, usando uma caixa amplificada que emula esse som. Podemos usar um simples processador para controlar compressão, delay, equalização, limiters, e mais uma infinidade de parâmetros num sistema de áudio. Por outro lado, existem as pessoas que são fãs incondicionais do áudio analógico, que não trocam uma válvula por nada no mundo, pois ela dá um “calor” no timbre que não pode ser imitado por nenhum pedal. Que preferem usar 8 periféricos analógicos no rack e dispensar o processador, pois o som digital nunca será tão macio quanto o bom e velho analógico.

Pois então, o inventor Paul Vo, criador do sustain infinito usado nas guitarras Moog, resolveu apimentar mais ainda essa discussão, criando umSINTETIZADOR ACÚSTICO PROMETE REVOLUCIONAR MERCADO DE VIOLÕES 1 equipamento que promete revolucionar o mundo dos violões. Ele criou o Vo-96, um sintetizador acústico para violões. Com ele é possível alterar o timbre de um violão da forma que desejar. Aí você pensa: “Poxa, mas isso é fácil! É só ligar seu violão numa pedaleira e pronto!”. Porém, a idéia do V0-96 é  alterar o timbre do violão ainda na fase analógica! Ou seja, o timbre “criado” já vai ser gerado pelas próprias cordas do violão! Mas como se consegue essa façanha?

O funcionamento do Vo-96 é similar ao de um sustain infinito. Ele induz vibrações nas cordas do violão a partir de um campo eletromagnético. Para cada corda, o equipamento tem 12 transdutores que são responsáveis por alterar os harmônicos do som captado, emitindo de volta para a corda uma vibração com esses harmônicos alterados. Como a forma de uma onda sonora determina o timbre do som, e os harmônicos determinam a forma da onda, é possível alterar acusticamente o timbre produzido pelo violão!

Vo-96

Para saber um pouco mais dessa incrível criação, leiam essa matéria, ou simplesmente usem o sábio Google! 😉

Até a próxima!

 

Sobre Igor Zaidys

Igor Zaidys Farias é coordenador de projetos da divisão de áudio da Audium – Áudio e Acústica. Formado em Engenharia Elétrica – ênfase em Eletrônica – pela Universidade Federal da Bahia. Membro da AES.

Confira também

Áudio em 3D - curiosidades 2

Áudio em 3D – curiosidades

graças à presença dos dois ouvidos, nós não só escutamos, mas sabemos a posição de onde está vindo o som. Nosso cérebro...

%d blogueiros gostam disto: