segunda-feira , 27 maio 2019
Início / Dicas / Comb Filter – Reconheça e use (ou não)

Comb Filter – Reconheça e use (ou não)

Em termos práticos comb filter ou “filtro pente” é uma versão atrasada do mesmo sinal, causando uma  interferência construtiva ou destrutiva. A resposta de frequência de um filtro pente  consiste  em  uma série de picos regularmente espaçados, dando a aparência de um pente .

Comb Filter

 

Vamos falar sobre algumas situações onde você pode encontrar o comb filter com a penas um microfone ou com seus ouvidos.

 

Você pode perceber a ação do comb filter sempre que houver uma superfície reflexiva perto de um microfone ou de seus ouvidos. Muitas vezes pude observar que ao colocar uma superfície reflexiva na minha  frente e ficar  de costas para a fonte sonora, o som ficava um pouco estranho porque era devolvido novamente aos ouvidos com atraso. Pode se escutar também quando no alinhamento do P.A. usando um ruído rosa você se move de um lado para o outro do P.A.

 

Vamos para algumas demonstrações:

 

As demonstrações a seguir foram feitas da seguinte forma: um alto falante tocando um ruído rosa, com um microfone a 90 graus fora do eixo e cerca de um metro afastado. Vou trazer alguns objetos por trás do microfone em paralelo com o alto falante.

Observe como o som fica desagradável a medida que o ele muda com a distancia:

Livro:

Madeira:

Placa de cerâmica:

 

Qual o objetivo desta demonstração?

Bem, este comb filter desagradável pode acontecer por exemplo na gravação de um amplificador de guitarra muito perto do chão ou nas paredes. Pior ainda, se misturar  reflexões do som vindo do amp apoiado numa cadeira alta ou muito perto de uma parede reflexiva, que pode alterar drasticamente o que está sendo captado.

Agora vamos ver o que acontece quando você traz algo não-reflexivo até o microfone. Aqui é um pedaço de espuma.

Há muito menos coloração e atuação do filtro pente neste exemplo.

 

Como usa-lo ao seu favor?

Reconhecer auditivamente o comb filtering é uma grande vantagem, assim como usar aos seu favor.

É comum alguns engenheiros colocarem um microfone direto no chão numa gravação de bateria por exemplo. Porque a distância entre o microfone e chão são mínimas, há muito pouco deslocamento de fase e comb filter, todas as freqüências são impulsionadas por igual (boosted).

Vou transcrever um artigo muito interessante que eu lí do Enrico de Paoli sobre como usar o comb filter a seu favor:

“Tentamos minimizar o Comb Filter ao máximo. Mas em determinadas situações podemos obter resultados muito bons usando-o como efeito. Por exemplo: se aplicarmos um delay de 1ms somado a um canal de guitarra no mesmo volume do original, teremos nosso primeiro cancelamento em 2000 hertz e, então, em 6000, 10000, etc. Em 4000 hertz, 8000, 12000, teremos um pico ou soma. Se variarmos o volume do delay, não chegaremos a ter um cancelamento nos ‘notches’ (buracos) ou uma dobra nos picos, mas apenas uma variação no volume dos harmônicos. Outro efeito seria splitar (dividir) o sinal da guitarra e do delay em dois pares e inverter a fase de um dos delays, assim invertendo as frequências somadas e canceladas. Desta forma pode-se abrir o pan e fazer uma guitarra mono virar bem estéreo! Fique à vontade para experimentar tempos de delays variando até atingir um resultado que combine com o timbre da guitarra e da música.
Outra aplicação muito conhecida é o flanger. Neste efeito, um sinal tem seu tempo de atraso ciclicamente variado, de maneira muito lenta. Este sinal é, então, somado ao sinal original sem atraso, produzindo assim cancelamentos que oscilam acima e abaixo no espectro, ou seja, um pente que desliza para cima e para baixo na freqüência.”

Então eu acho que o ponto é, antes de gravar, dê uma olhada ao redor, veja se existe alguma coisa que vai interferir com a obtenção do melhor som.

Texto inspirado num artigo do site Audio geek.

 

 

 


Comente, divulgue e pergunte !

 

 

 


Sobre Diego Moreno

Fundador do site, Engenheiro de áudio, apaixonado por música, divide o tempo entre a estrada o estúdio e a constante atualização do site.

Confira também

Entrevista: Rafael Fadul

Nome: Rafael Fadul Idade: 23 anos Origem: São Paulo, SP Atualmente em: Los Angeles, California …

%d blogueiros gostam disto: