quarta-feira , 20 março 2019
Início / Dicas / Saiba como mandar a sua música para masterização

Saiba como mandar a sua música para masterização

A maioria dos engenheiros que me contratam para fazer a masterização costumam cometer o erro mais comum ao enviar as suas mixagens, fazer o bounce praticamente sem “headroom”.

O desejo de ter uma mixagem bem quente (alta) é compreensível, afinal, é exatamente o que os clientes querem, mas se você está enviando sua mixagem para masterizar, isto não é necessário e pode mesmo reduzir significativamente os benefícios do processo de masterização.

Além disso, quando você aumentar o seu nível de mixagem para o máximo com um limitador de picos como o plug-in Waves L2, você efetivamente arruinou a dinâmica da sua mixagem e tornou impossível para o engenheiro de masterização fazer o seu trabalho.

Você pode até ter uma mixagem bem alta, mas voce pode ter feito isso de maneira exagerada ou até mesmo errada, e já que você já tem seu audio “finalizado”, você agora está preso a ele. Não espere que um engenheiro de masterização irá desfazer esta confusão. Aliás, ninguém pode, especialmente se você não notou que voce mesmo adicionou distorção a sua propria mix.

Quando recebemos mixagens assim, como essa, nós simplesmente devemos recusá-los, pois perdemos e muito a nossa capacidade de trabalho, mas acabamos abaixando ao volume no Pro Tools em 3 ou 4 dBs e trabalhamos com um áudio bem processado.

O Ideal, é recebermos uma mixagem com um nível médio (RMS) entre -18 a -10 dB e os picos mais altos nunca excedendo -3dB , mas depende da muito do estilo da música. No rock por exemplo, eu acho aceitável um nível médio (RMS) entre -10 a -8 dB e os picos mais altos, nunca excedendo-1dB.

Para a masterização, a qualidade da mixagem é crucial; pois problemas de mixagem são muito difíceis de se resolver e na maioria das vezes impossíveis de se corrigir durante a masterização.

Então, como você deve abaixar os níveis?


como enviar pra masterização

 

Alguns de vocês podem sentir que provavelmente não é necessário dizer isso, mas, como eu tive de vários usuários esta pergunta, ai vai: em um bom equilíbrio entre os faders individuais e o master bus sem um limitação no master bus em excesso.

 


Se você apresentar uma mixagem com os níveis finais parecido com a figura ao lado, eu te garanto que você vai conseguir o melhor resultado de masterização possível em qualquer estúdio de Masterização no Mundo.

 

 

 

Use também os medidores de áudio.

 

Comparação em db

Uma boa idéia é fazer uma versão mais processada para enviar ao seu cliente e uma versão com um bom “headroom” para enviar para a Masterização, como isso todos saem ganhando, o cliente que ouve a prova de mix “alta” ,o eng. de masterização que trabalha com a mix com os níveis adequados e a música, que é o principal, vai emocionar os fãs!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

Sobre Carlos Freitas

Carlos Freitas é engenheiro de áudio há 30 anos e proprietário do estúdio de masterização Classic Master. Estudou na Berklee School of Music e na Faculdade Casper Líbero. Ao longo de sua carreira trabalhou com grandes artistas nacionais e internacionais. Possui 7 indicações ao Grammy Latino na categoria "Engenharia de Audio" e recebeu o prêmio PA de "Melhor Profissional de Masterização".

Confira também

VU Meter – O que é isso?

Saiba o que é e como funciona o VU Meter

%d blogueiros gostam disto: