fbpx
quinta-feira , 6 maio 2021

Quando e porque usar o compressor?

Não há nada como a compressão para melhorar uma mixagem. Por outro lado, não há nada como a compressão pra arruinar tudo. Então, quando você deve comprimir? E  mais importante, por quê?

 

Recebo muitos e-mails me pedindo para falar sobre compressores. Forma de utilização, parâmetros, novas técnicas de compressão, etc. Mas o que tem animado a escrever sobre isso é que na maioria das mixagens que eu escuto e não gosto, é principalmente pelo mau uso do compressor.

Seja em peças individuais, “espetado” no L/R ou quem sabe na masterização, o compressor é a forma mais rápida de estragar uma boa mix.

Então antes de começar zilhões de posts falando sobre compressores vamos saber:

Quando e porque usar o compressor? 1

 

 

 

A primeira regra da compressão!

A primeira regra de compressão é ‘Não!

Sim isso mesmo, não comprimir. Com equipamentos modernos nunca há qualquer necessidade técnica de comprimir, então não há absolutamente nenhuma razão para que a compressão deva ser a norma. Tem que ser uma boa justificativa sólida para você procurar o plugin no menu “compressores”.

Mas há duas boas razões para que você possa querer para comprimir. Então …

 

Razão para comprimir número 1

Razão n º 1 para a compressão é que você tem um instrumento ou faixa vocal que varia muito de nível. Você quer mesmo essa trilha num nível mais estável porque soa melhor assim, ou simplesmente para tornar a tarefa de mixar mais simples.

Mas você precisa ter em mente que a redução da faixa dinâmica com compressão é o “caminho mais fácil”. Muitas vezes isso pode ser feito muito melhor através de  automação. Você pode nota por nota se necessário, definir exatamente o nível certo manualmente, sem compressor envolvidos.

Leia:

O benefício disso é que você pode aplicar toda a sua habilidade, experiência e inteligência para essa tarefa. Sua compressão no plugin não tem cérebro ao fazer essa tarefa mal feita pode cometer erros.

Controlando a faixa dinâmica manualmente é uma alternativa segura para  o vocal principal. Para a faixa de pandeiro por exemplo ,  o seu compressor fará bem o trabalho de imediato,e ninguém vai notar nenhuma diferença. Aplique  seu tempo e energia de forma adequada e não se desgaste com assuntos triviais.

Razão para comprimir número 2

Razão n º 2 para a compressão é que a compressão muitas vezes apenas soa bem, independentemente de questões de faixa dinâmica. E se isso parece bom, então faça-o!

Compressão quase sempre faz o vocal principal subjetivamente mais agradável e interessante de se ouvir, por isso é quase sempre vale a pena tentar comprimir o vocal principal.  Leve o tempo que tiver disponível – experimente vários plug-ins e suas várias configurações. Não basta usar o preset “voz principal”. Você assumiu o papel de engenheiro de som para fazer seu trabalho e projetar a mix.

Seria surpreendente se você não puder  obter um melhor som do vocal principal com compressão. Mas se você já tentou todas as opções e não pode fazer quaisquer melhorias, bem a pista só não precisa de compressão. (Tenha em mente que você precisa considerar compressão no contexto de toda a mixagem, não apenas em faixas individuais em isolamento.)

A compressão pode funcionar muito bem nos vocais e instrumentos  também. Um instrumento que não faz muito sentido usar a compressão é uma guitarra distorcida. O efeito de distorção já faz a compressão, então não há uma gama dinâmica de uma compressão para trabalhar. Mas você pode experimentá-lo. Por que não?

 

O botão mágico do compressor

Quando e porque usar o compressor? 2Finalmente, todos os compressores possuem um “botão mágico”.

 

 Você sabia?

Bem, pelo menos, todos os compressores modernos que eu posso pensar. Este botão é mais importante do que qualquer outro controle que qualquer hardware ou plug-in compressor possui. E este botão é rotulado …

‘Bypass’

Sim, pressionando este botão, você pode tirar o compressor completamente fora do circuito!

E por que você quer fazer isso?

Bem, a resposta é simples – para que você possa saber se o que você está fazendo é uma melhoria. O botão de bypass deve ser o mais usado no controle do  compressor *. E se você não estiver usando, então você realmente não sei se você está fazendo coisas melhores ou piores na sua mi.

Portanto, em conclusão, uma feliz compressão pra você. Se você pode colocar sua mão em seu coração e dizer cada vez que exatamente por isso que você está comprimindo, então você está bem no caminho para uma mixagem profissional


* Para tirar o melhor proveito do botão bypass, você deve definir o seu ganho de make-up  para que o sinal que você está comprimindo soe subjetivamente igualmente alto quando você ativar e/ou não o bypass. Caso contrário, a mudança de nível quando você pressiona o botão irá ofuscar o seu julgamento.

 

Post inspirado, traduzido e totalmente modificado do site www.record-producer.com

Sobre Diego Moreno

Fundador do site, Engenheiro de áudio, apaixonado por música, divide o tempo entre a estrada o estúdio e a constante atualização do site.

Confira também

mitos do audio

Mitos do áudio revelados! Parte 1

Vou mais uma vez causar polêmica e discussão com este post, pois sei que muita gente que segue o blog faz ou já fez, concorda ou discorda de alguns desses mitos que eu vou comentar agora:

19 comentários

  1. bom mesmo muito bom utilizo muito mais de forma somente para conter os picos e o nivel minimo mas todas as dicas sao pertinentes e na pratica tbm funciona ao contrarios de outras lendas que pairam no ar

  2. Bem…. eu discordo de muita coisa aqui. Principalmente porque o compressor, além de uma ferramenta técnica, ele funciona como uma ferramenta artística. Se uma pessoa não sabe usar o compressor, certamente não vai saber chegar lá e vai fazer besteira. Eu adoro compressão e sempre uso.
    O compressor serve para criar pressão em um instrumento, por exemplo. Você pode fazer com que um violão ganhe mais consistência, encorpe melhor os graves. O compressor pode tb ajudar a filtrar… a ressaltar certas nuances, como por exemplo fazer uma cx de bateria se destacar mesmo com uma massa sonora muito grande (onde muitos instrumentos estão tocando ao mesmo tempo, ou instrumentos que ocupam muito espaço na mix – no axé, por exemplo). Até mesmo quando um instrumento não se encontra no volume certo, em vez de aumentar, com um compressor você pode deixa-lo mais no seu lugar.
    Existem milhares de utilizações… poderia passar aqui a tarde toda enumerando. E discordo com a regra número um de que não se deve usar o compressor… só todas as lendas do áudio iriam lhe matar se souberem que você disse isso.. kkkkk afinal se você for nos seus respectivos estúdios o que mais você encontrará são compressores… ninguém iria gastar tantos milhares de dólares em compressores se não precisasse deles.
    Em alguns casos talvez uma automação funcione melhor de que uma compressão. Mas na verdade, ainda comprimindo, a necessidade de automação pra mim é evidente. Alguns engenheiros de áudio demoram duas horas para "tirar o som" das suas mixes e passam outras 10 apenas fazendo automações. Então é meio subjetivo dizer que automação pode funcionar melhor do que compressão já que, pra mim, as duas ferramentas juntas são imprescindíveis.
    E tentando fechar esse assunto, bateria sem compressão… não sei não. Muito difícil. ainda que você tente encontrar os volumes certos, com compressão a bateria se unifica de uma forma que mesmo você com muita automação não vai conseguir o mesmo resultado (lógico que isso depende muito do estilo de música). Pense também que numa mixagem física, na automação existe energia mecânica trabalhando (que faz os faders se moverem) e ela nunca serã tão rápida quanto a energia elétrica… usada pelos compressores para " segurar " e liberar o som.

    Eu na verdade tenho lido bastante por aqui sobre o " mal" do compressor. Mas na verdade se alguém "estraga" uma mix usando um compressor a culpa é realmente do compressor? ou de quem tá usando? acho que tem que ter um pouco de cuidado. Tudo pode estragar uma mix se você não souber usar. Um equalizador pode fazer estragos se você não souber usar. Um reverb (essa quesito acho até mais importante, muito mais importante do que compressores.. kkk benza deus!) pode botar tudo a perder tb. Seria mais adequado falar sobre como aprender a usar um compressor, porque no fim o tempo de ataque e de release, assim como a o ratio, de uma certa forma, é uma questão pessoal.

    Aqui um video em português de Jera Cravo explicando muito bem sobre compressão
    http://producaomusicalbrasil.com/falando-sobre-pr

    • Olá Solovera,

      Realmente eu concordo com algumas coisas que você disse. Mas eu realmente me pergunto se você LEU mesmo com atenção o que escrevi.

      De antemão, percebo que tem grande habilidade para escrever, e fica aqui o meu convite e o espaço do site para você escrever alguma coisa sobre áudio.

      Seria uma honra te-lo como colaborador, quem sabe você poderia nos ajudar com sua visão de guitarrista olhando pro áudio.

      Um grande abraço!

      • Po Diego, legal seu texto e também legal o que o Solovera escreveu. Sou novo no áudio. Estudo há anos mas mexer, tem dois anos. Nao é todo som que eu consigo melhorar com compressor. E eu sei o que cada coisa num compressor faz. Aliás, é o que mais eu tenho lido por ai: como mexer num compressor. Mas sinto falta de ver alguém pegar vários sons diferentes e aplicar os compressores (diferentes) e ajustes corretos. Para se ter uma base. Eu acho que erro muito no release. Acho. Será, Diego, que voce não poderia fazer um video assim?

  3. Realmente compressores sempre foi algo que eu respeitei muito…Tal respeito seria aplicado a serpentes e aranhas…Se você mexer no lugar errado, certamente você vai se ferrar bonito. Enfim, compressão é algo a ser estudado e, infelizmente, nem todas as pessoas conseguem lidar bem com um dominio absoluto desta ferramenta…Portanto, sempre que tenho dificuldade ou dúvidas eu recorro aos mais experientes e que, lidam com o estudo e a pesquisa, essenciais para que também na haja um comodismo em prol das aplicações de "receita de bolo". O que Solovera constatou é verdade e dou fé. Até porque todos os livros do Alton Everest e do Ron, me dizem exatamente sobre a natureza que a compressão representa…Tudo é uma questão de necessidade, bom senso e percepção. Afinal de contas, existem inúmeras formas de se utilizar compressores, fazer os summings, pre amps, etc etc etc,…

    A regra é muito simples: Não há regras!

    • Com toda certeza!

      O texto tem uma dualidade e sarcasmo evidente. O que realmente quero dizer é isso: QUEBRE AS REGRAS – REINVENTE

      Use, não use, experimente…

      O que quero desmistificar é a lenda de que o compressor é sempre a primeira alternativa pra tudo!

      Mas na verdade eu fico muito feliz em ver diferentes opiniões sobre o assunto. O propósito inicial do site sempre foi esse!!!

      Tá na hora de pintar um forum…!!!!

      grande abraço!!!

  4. Eu entendo o que Solovera escreveu… na real, eu acho que Diego escolheu uma forma não muito prática pra tocar nesse assunto.
    Claro, que compressão (assim como qualquer outra ferramenta do estúdio, até mesmo um instrumento ou um microfone) podem ACABAR com sua gravação… então, isso não é só uma capacidade do compressor exclusivamente.
    Tirando esse lado de escrita do texto, concordo com os dois… o compressor pode ser uma ferramenta pra amenizar as diferenças dinâmicas mas pra mim, é PRINCIPALMENTE uma ferramenta de timbragem.
    Não é devido ao fato dos compressores terem nascido para "colocar" o áudio numa faixa dinâmica melhor para o tape, que eles se tornam "desnecessários" nas gravações atuais…
    Sei lá… acho que tudo poderia ter sido dito de maneira diferente.

  5. Hey. I found your weblog the in the search engines. This is an excellent report. Let me ensure that you book mark the idea along with resume get more information of your helpful information. We appreciate you the publish. I??¥lldefinitely go back.

  6. Primeira vez aqui no site, já tô devorando os conteúdos! Muitos bom mesmo esse site, estava a procura de um site tão bom e tão claro (e em português rs). Tenho um perfil no SoundCloud, se quiser dar uma olhada nos beats que faço, fique a vontade! (só não critique MUITO, pq tô começando agora sabe.. rs).
    Não tenho nada, só um pc velho e um one velho, e certa imaginação. http://soundcloud.com/batata868

  7. May i merely point out exactly what a comfort to find somebody who really is aware of just what they are really speaking about on the internet. You certainly understand how to provide a concern to light and make this critical. Lots more people should read this and understand why aspect from the account. My spouse and i find it difficult to believe youre not very popular when you definitely contain the surprise.

  8. Keep your receipt. Ensuring that you’ve a way of coming back the product under consideration is among the most significant things you can do in jewellery shopping. Who knows when the person you’re buying for might not such as the piece, or maybe you might find a much better deal elsewhere.

  9. Há uns tempos atrás, eu tinha certo comedimento ao usar os compressores, gostava de ouvir e sentir as dinâmicas bem naturais das músicas, mesmo em estilos musicais onde ela é pequena. Ou seja, usáva os compressores apenas para conter os picos.

    Com o passar do tempo adquirindo mais experiência, passei a utilizar muita compressão, mas com muito cuidado com a "respiração" da música e respectivos instrumentos.

    Não me vejo mais sem eles.

  10. Hello,every one. We sell nfl jerseys at nflshop.com

  11. e ai amigo tudo certo ? eu tenho uma dúvida se vc pode me responder fico super grato :D, eu comprei uma mesa de som USB, pequena de 5 canais só pra gravar a voz mesmo, ela ja tem compressor de audio interno, então a minha dúvida é essa se eu configura o compressor da mesa de som, antes de começa a gravar as vozes, eu preciso usar o compressor do daw? ou não precisa? as primeiras gravaçãoes que eu fis eu almentei todo o volume de compressão do botãozinho do compressor na mesa de som, só que notei que a gravação da voz saiu baixa, ai eu usei o compressor do audacity, pra deixar mais alta, sera que não estrago o som? porque dizem que não se deve, usar o compressor, mais de uma vez né? porque eu usei o compressor da mesa, e o do audacity, eu queria saber se estou gravando certo, ou preciso só utilizar o compressor da mesa de som? se pode me responde muito obrigado forte abraço

  12. Quanta besteira!!! os melhores estúdios por ex, usam no mínimo três compressores pra voz, mas uns três pra violão , etc, vc esta mistificando demais…

    • Olá Alex…

      Vou resumir o post pra vc pq parece que não entendeu muito a proposta do mesmo.

      Esse post é pra encorajar sim o uso do compressor, mas se não souber usar é melhor saber o que está fazendo antes de sair insertando o compressor em tudo. Leia novamente o post e faça uma pergunta a si mesmo.

      Eu sei usar um compressor?

      Abraços e obrigado pelo comentário! É com diversas opiniões que se faz uma discussão saudável e melhoramos o aprendizado!

  13. Será que ás vezes não seria melhor usar um equalizador & cortar as frequencias fora da faixa daquele instrumento ??? aquelas que correspondem aos ruídos ???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: