quinta-feira , 23 novembro 2017
Início / Dicas / Cabo Balanceado ou não? Qual a diferença?

Cabo Balanceado ou não? Qual a diferença?

Você  já teve a curiosidade de comparar um mesmo pré ou mesa ligado à sua interface de áudio com um cabo não balanceado (provavelmente com plug banana P10) e o mesmo pré  (e/ou) mesa com um cabo dito balanceado (plug Canon TRS) e teve uma leve impressão que com o balanceado, o som ficou mais alto?

Não foi mera impressão. As conexões em um cabo balanceado promovem esse resultado também, mas tem um objetivo maior. Eliminar ruídos da fonte emissora do sinal.
Inevitavelmente, algumas vezes uma fonte apresenta ruídos indesejáveis, que seriam enviados ao sistema de gravação/mixagem junto com o sinal de áudio, mas a tecnologia de balanceamento pode resolver esse problema.

 

Como pode um simples cabo fazer isso?

 

Simples. Mas na verdade o mérito não é do cabo, mas do sistema como um todo.
Um sistema balanceado funciona com 3 vias. Positivo (Hot), Neutro (Ground) e Positivo Invertido (Cold), com polaridade  invertida.

cabo balanceado

 

Uma fonte emissora, como o mixer, separa o sinal de áudio enviado em duas vias, invertendo a fase de uma delas, o que cancelaria o sinal se assim fosse utilizado. Nesse momento, qualquer ruído que se apresente estará com polaridade igual nas duas vias.
Ao receber o sinal, a unidade receptora, por exemplo uma interface de áudio, inverte novamente a fase de uma das vias, fazendo com que o sinal volte ao sua polarização correta e que interessante, fazendo com que o ruído  que estava de carona fique com uma das vias em polaridade invertida, cancelando-o completamente.

Essa é a grande vantagem de utilizar cabeamento balanceado, quando os dois equipamentos permitirem.

 

Leia:  

É  possivel ligar um equipamento n�o balanceado � outro balanceado?

Sim, mas deve-se evitar utilizar um cabo balanceado para essa ligação, pois não só não haverá esse benefício como o sinal transmitido entre eles será mais baixo, a menos que o equipamento tenha uma conexão inteligente do tipo Bal/UnBal, que reconhecerá a conexão automaticamente.

É possível converter um sinal não balanceado em balanceado?

Sim, ao conectar, por exemplo, uma guitarra ou violão em um DI ( também chamado de Direct box ). Esse é o princípio da DI, enviar um sinal convertido, corrigindo a impedância, mas falamos disso nesse post:  LINK

 

Confira também

saiba o que é reamp

Saiba o que é Re-Amp

Aprenda um pouco mais sobre essa técnica muito utilizada o Re-amp

  • Anselmo Gonçalves

    Simples e objetivo!

    • Marcos

      Não, use no amplificador plug P-10 stereo, onde o pino 3 do XLR será o anel.

  • Pingback: Montando um Setup de pedais - Parte 1 | Áudio Repórter()

  • Raphael Alves soares

    Eu tenho uma uma mesa de áudio com entrada e saída Balanceada (XLR), Um Equalizador com entrada e Saída Balanceada , um processador (Compressor) com entrada e saída balanceada, porem tenho amplificador com entrada e saída não balanceada (P10). Como eu faço a ligação entre os equipamentos, uso tudo P10?

  • Luis Henrique

    Companheiros, estou com uma dúvida.
    Eu ligava minha Octa-Capture nos monitores Bx5 da M-Audio da seguinte maneira:

    saídas P10 principais da interface (que segundo o manual, são balanceadas) e nada entrada RCA não-balanceada dos monitores.
    Tudo estava ok.

    Resolvi experimentar ligar nas entradas balanceadas dos monitores e fiz da seguinte forma:

    a mesma saída P10 da interface (mas agora usando o ponta macho do cabo em TRS e não P10-mono) e XLR balanceado nas entradas dos monitores.

    O som ficou mais baixo!
    Será que as saídas da interface não são balanceadas?

    Alguém faz idéia disso?

    abraços!

  • Pingback: DI - Porque você precisa? Áudio Repórter()

  • magalhaes

    Olá pessoal , tenho uma mesa com saida mono p10 e uma caixa de som com placa amplificada , a entrada dela é mono balanceada p10 , como devo fazer a ligação , qual cabo usar , me ajudem por favor

  • silvio

    muito bom gostei ,parabens ao site…

  • Pingback: Retrospectiva ÁudioRepórter: os 10 melhores posts de 2015 - Áudio Repórter()