domingo , 26 maio 2019
Início / Resenha / Por que um cabo de qualidade realmente importa?

Por que um cabo de qualidade realmente importa?

 

A noção de que o cabo de boa qualidade é uma parte importante da reprodução de som tem sido amplamente aceita entre os  áudio entusiastas por um longo tempo, mas os músicos têm sido um pouco mais lento para aceitar isso. Neste artigo, eu gostaria de explicar como um cabo de qualidade pode fazer a diferença para o seu som.

Porque a qualidade do cabo importa?

cabo p10

 

 

Para ser completamente honesto, eu estava um pouco cético  o quanto verdadeira diferença a minha escolha de cabo poderia fazer para o som. No post sobre mitos do áudio eu até concluí que acredito que um bom cabo influencia um bom som, apesar de não existir teste que comprove isto.

 

leia:

A única maneira de provar a eficiencia de um bom cabo é tirando suas próprias conclusões. Claro que um cabo de boutique  vai surtir uma impressão bem melhor do que aquele cabo mal soldado que você comprou no camelô. Aqualidade da solda de um cabo desses e a fabricação impecável, realmente fazem diferença. Os fatores-chave para procurar quando estiver  escolhendo um bom cabo são: baixa capacitância, baixo ruído e conectores de alta qualidade.

O que faz um bom cabo ser um bom cabo?

Menos Ruído:

Ruído ao mínimo é alcançado lindando o condutor contra interferencias elétricas, geralmente com um de cobre trançado(malha), ou alguma proteção de plástico, ou ambos. Fabricantes diferentes têm métodos diferentes mas, normalmente, qualquer cabo de áudio de boa qualidade devem ser adequadamente avaliados.

 

Capacitância:

Capacitância é a capacidade do cabo para responder as mudanças na tensão e é medido em picofarads (pF) por metro. uma figura de cerca de 70 pF / m seria muito baixo para um cabo do instrumento.

Para fontes de alta impedância, como guitarras e baixos passivos, baixa capacitância traduz-se em  melhor capacidade de resposta de freqüência. Além disso, como capacitância é medida por unidade de comprimento, um cabo mais longo terá mais capacitância do que um mais curto, por isso faz sentido usar apenas o comprimento de cabo que você realmente precisa.

 

Conectores:

Qualquer conector de fabricantes conhecidos  e de boa qualidade irá funcionar bem. Em geral, não há realmente nenhuma necessidade de desperdiçar dinheiro com conectores banhados a ouro. Além do mais, você irá ligar o seu cabo de ouro em outro conector de metal por exemplo, portanto, qualquer benefício que o ouro pode ter é em grande parte perdido.

Mas em contra partida a razão por optar pelo ouro em algumas aplicações não é pela exelente  propriedade condutora, mas sim pela sua resistência à corrosão. O lado negativo de ouro é que ele é bastante macio e portanto, menos adequado para aplicações onde vai encontrar um monte de desgaste, por exemplo, um cabo de guitarra que fica plugando e desplugando inúmeras vezes ao longo do tempo. Em resumo, você realmente não precisa de um conector de ouro em um cabo de guitarra ou pra uso comum.

 

 

Uma nota sobre impedância:

Guitarras e baixos com captadores ativos são fontes de baixa impedância e por isso,  são bem menos suscetíveis aos efeitos da capacitância do cabo do que as fontes de alta impedância, como captadores com sistema passivo. Em outras palavras, se você só usar instrumentos com circuito ativo, você provavelmente não precisa se preocupar muito com capacitância do cabo.

Além disso, seus padais de efeitos geralmente têm uma saída de baixa impedância também, então o caminho do sinal entre seus pedais e o seu amplificador não precisa ser super-baixa capacitância (a menos que você use tudo no bypass ou desligue todos). Geralmente, a capacitância é apenas um problema caso você plugue um instrumento direto ao seu amplificador ou no  primeiro pedal da cadeia.

 

 

Conclusão

Qualquer cabo blindado, de baixa capacitância, bem fabricado e que demonstre uma durabilidade notável, na maioria das vezes é um bom cabo. Existem muitos fabricantes no mercado, nacionais e importados. Se quiser fazer o seu próprio cabo, escolha bem o seu conector e com mais cautela ainda o cabo que vai usar. Geralmente os cabos de boa qualidade são muito mais caros do que aqueles que você comprou no camelô.

 

Comente e divulgue esse post, conte sua experiência, pergunte!

[Post inspirado e modificado de um artigo do site: audio.tutsplus.com]

Sobre Diego Moreno

Fundador do site, Engenheiro de áudio, apaixonado por música, divide o tempo entre a estrada o estúdio e a constante atualização do site.

Confira também

Entrevista: Rafael Fadul

Nome: Rafael Fadul Idade: 23 anos Origem: São Paulo, SP Atualmente em: Los Angeles, California …

%d blogueiros gostam disto: